Centro de Pesquisas

title

Click to add text, images, and other content

title

Click to add text, images, and other content

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 1.ª SEMANA DE DEZEMBRO DE 2010

"FOGO EM ISRAEL – O DIA DA REDENÇÃO ESTÁ CHEGANDO"

O significado profético do maior incêndio em Israel, desde seu renascimento em 1948.

A primeira semana de dezembro de 2010 trouxe terror a Israel, mas não da maneira tradicional. Desta vez, um incêndio de proporções apocalípticas, que durou mais de 24 horas, deixou o país em estado de alerta máximo. Como se sabe, num país pequeno como Israel (menor que Sergipe, o menor Estado do Brasil), um incêndio do tipo que ocorreu poderia ter acabado com tudo. E isso é inquietante.

Israel é um país diferente de qualquer outro, pois é um país profético. Isso significa que, qualquer coisa que aconteça por lá (qualquer coisa mesmo!), nos leva para dentro das páginas da Bíblia.

Se Israel não existisse, a credibilidade da Bíblia seria abaixo de zero. Mas, pelo fato de Israel continuar existindo temos A PROVA das afirmações bíblicas, A PROVA da Existência de Deus (mais detalhes sobre essa afirmação, veja o estudo em slide, ISRAEL – O RELÓGIO DE DEUS, em 3 partes, disponível na seção de downloads do site Arquivo7).

Um incêndio em qualquer outro país do mundo só seria profeticamente significativo pelo fato de estar relacionado, de forma geral, com a destruição do meio ambiente, e, conseqüentemente, com o Apocalipse. Mas, em Israel é outra coisa. Em Israel, é ALTAMENTE significativo, do ponto de vista bíblico-profético.

Pra começar, em que parte do país aconteceu mesmo? No Monte Carmelo. Sim, na mesma região onde, nos tempos bíblicos, o profeta Elias desafiou os profetas de Baal e Aserá, e o desafio envolveu FOGO DO CÉU (1 Reis 18). Falando no profeta Elias...

No capítulo 19 de 1 Reis, o profeta sofre de um repentino medo e se esconde numa caverna. Ficou tão depressivo que pediu a morte. O homem forte, que desafiou 850 profetas falsos, de repente sentiu-se acuado, devido a voz ameaçadora de uma mulher, Jezabel. Alguns eventos interessantes ocorreram quando o profeta se escondeu na caverna em Horebe.

Leia a continuação desta mensagem em nosso blog:

http://www.misterio777.blogspot.com/

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 2.ª SEMANA DE DEZEMBRO DE 2010

"DEPOIS DO FOGO, A TEMPESTADE..."

“Tempestades causam devastação no Oriente Médio

Países mediterrâneos sofreram com chuvas, ondas gigantes, ventos e nevascas pelo segundo dia consecutivo.”

A manchete acima foi publicada no site do G1 no dia 12/12/2010. A reportagem dizia, entre outras coisas, o seguinte:

“Fortes ventos, chuvas e nevascas causaram devastação em países do Oriente Médio e leste do Mediterrâneo, pelo segundo dia consecutivo.

As tempestades fizeram afundar um navio perto da costa de Israel neste domingo (12), forçaram o fechamento de portos e atrapalharam o envio de cargas pelo canal de Suez.

Ondas de até 10 metros de altura destruíram barcos de pesca no Líbano. Na capital síria, Damasco, estradas tiveram que ser interditadas por causa da neve.”

Assim como o incêndio da semana passada não foi um “incendiozinho” qualquer, essa tempestade também não foi uma coisa “corriqueira”, aquilo que acontece todos os dias em alguma parte do planeta. Uma frase de destaque da reportagem foi:

“As tempestades deram fim a um longo período de secas no Líbano, na Síria e em Israel - onde um incêndio, há poucos dias, devastou uma floresta e matou 40 pessoas.”

O fato de dois acontecimentos fortes envolvendo a natureza (fogo e tempestade)  ocorrer em Israel com uma diferença de apenas uma semana entre um e outro deveria provocar alguns minutos de reflexão.

Para entender melhor o que estamos querendo dizer, acesse o blog Arquivo7, http://www.misterio777.blogspot.com/ e leia o artigo: “FOGO EM ISRAEL – O DIA DA REDENÇÃO ESTÁ CHEGANDO”.

Por outro lado não deixa de ser interessante o fato dessa tempestade repentina ocorrer algumas semanas depois de uma campanha de oração por chuva, envolvendo árabes e judeus.

“Judeus e mulçumanos unem-se em orações para que chova na Terra Santa”

“Jerusalém, 27 nov (EFE).- Líderes religiosos do islamismo e do judaísmo da Terra Santa poucas vezes concordam em algum aspecto, mas nos últimos dias uniram-se por uma causa comum e passaram a rezar para que chova na árida região, que ao longo do mês de novembro registrou temperaturas típicas de verão.

Em igrejas, sinagogas e mesquitas, os fiéis aproveitam as orações para pedir que sejam abençoados com as chuvas, já que a atual seca poderia provocar enormes estragos à agricultura.

Há duas semanas, dezenas de imames, rabinos e um sacerdote cristão uniram suas forças em um inusitado encontro para orar juntos para que o outono comece a se manifestar.”

Leia o restante da reportagem em:

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/11/judeus-e-mulcumanos-unem-se-em-oracoes-para-que-chova-na-terra-santa.html

“Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força desse alimento caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.

Ali entrou numa caverna, onde passou a noite. E eis que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Que fazes aqui, Elias?

Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem.

Ao que Deus lhe disse: Vem cá fora, e põe-te no monte perante o Senhor: E eis que o Senhor passou; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento;

E depois do vento um terremoto, porém o Senhor não estava no terremoto;

E depois do terremoto um fogo, porém o Senhor não estava no fogo; e ainda depois do fogo uma voz mansa e delicada.

E ao ouvi-la, Elias cobriu o rosto com a capa e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. E eis que lhe veio uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias?”

(1 Reis 19.8-13).

Um grande e forte vento, terremoto, fogo... E depois a manifestação do SENHOR.

O que acontece atualmente no Oriente Médio, especialmente em Israel, são apenas sombras proféticas, amostras grátis do Apocalipse.

Na semana passada, FOGO; nesta semana, FORTES VENTOS; ... Quando chegará a vez do TERREMOTO?

“E o Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os céus e a terra tremem, mas o Senhor é o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel.

Assim vós sabereis que eu sou o Senhor vosso Deus, que habito em Sião, o meu santo monte; Jerusalém será santa, e estranhos não mais passarão por ela.”

(Joel 3.16-17)

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 1.ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2010

"TRAGÉDIA GREGA OU PROFECIA EM CUMPRIMENTO?"

“Polícia da Grécia busca responsáveis por envio de pacotes com explosivos

Dois suspeitos foram presos em Atenas, e autoridades buscam cinco outros.
Bombas foram enviadas a embaixadas e a três chefes de Estado.

A polícia da Grécia procurava nesta quarta-feira (3) as pessoas suspeitas do envio de 13 pacotes com explosivos a autoridades estrangeiras descobertos desde segunda-feira, incluindo Alemanha e Itália.”

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/11/grecia-procura-responsaveis-por-envio-de-pacotes-com-explosivos.html

Há várias semanas a Grécia tem atraído a atenção mundial devido a forte crise econômica que ameaça a União Européia.

Quando a UE foi inaugurada em 1992, a euforia era muito grande. Antigos sonhos de líderes políticos e religiosos do passado estavam prestes a serem realizados.

“A União Europeia (UE), anteriormente designada por Comunidade Econômica Europeia (CEE) e Comunidade Europeia (CE), é uma união supranacional econômica e política de 27 Estados-membros, estabelecida após a assinatura do Tratado de Maastricht, a 7 de fevereiro de 1992, pelos doze primeiros países da antiga CEE, uma das três Comunidades Europeias.” (Wikipédia).

Mas, passados quase 20 anos, os tão sonhados “ESTADOS UNIDOS DA EUROPA” continuam enfrentando muito problemas. Apesar de contar atualmente com 27 países membros, a UE continua assombrada pelo fantasma da crise econômica. E agora, um país que dominou o mundo no passado, mas que, nos anos recentes, nunca foi destaque internacional, está ameaçando afundar a Europa. Quem? A Grécia!

Exatamente a Grécia!

Quando pensamos nas profecias do livro de Daniel sentimos um calafrio. Nenhum profeta falou mais da Grécia do que ele. E a situação atual encaixa-se perfeitamente com a famosa profecia da Estátua do sonho de Nabucodonosor.

Após descrever a seqüência dos impérios mundiais (Babilônia, Media-Pérsia, Grécia e Roma), o profeta Daniel declara que o mundo ficaria dividido em dois reinos até o final dos tempos. Quando chegasse o fim dos dias, os dois reinos tentariam se unir, formando uma organização de 10 reinos ou 10 blocos de poder. Mas essa união (ainda que breve) seria um fracasso. Então, nos dias desses reis, O DEUS DOS CÉUS LEVANTARÁ UM REINO QUE NÃO SERÁ JAMAIS DESTRUIDO – O REINO DE CRISTO!

Exatamente em nosso tempo, na mesma época em que os judeus voltaram para sua antiga pátria (cumprindo centenas de profecias), foram dados os primeiros passos para a “Restauração do Império Romano”, ou seja, a EUROPA TORNANDO-SE NOVAMENTE UM IMPÉRIO MUNDIAL (com duração menor que 7 anos, segundo as profecias).

Mas algo está impedindo o restabelecimento desse império. Agora a pedra de tropeço é a Grécia. Por quanto tempo?

Acredito que, enquanto o Anticristo não assumir o poder mundial, a Europa não pode consumar sua unificação. Lemos em Apocalipse 17.12-13:

“Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam o reino, mas receberão autoridade, como reis, por uma hora, juntamente com a besta. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta.”

Os 10 chifres da Besta (que sairão da mesma área do antigo Império Romano, segundo Daniel 7.24), VÃO RECEBER AUTORIDADE COMO REIS APENAS POR UMA HORA. Não sei quanto tempo esta “UMA HORA” significa, mas tudo indica que é pouco tempo (pelo menos, 7 anos).

Mas eles só vão receber autoridade como reis “JUNTAMENTE COM A BESTA” (Apocalipse 17.12). Portanto, enquanto a Besta não chega, toda tentativa de se implantar um império mundial fracassará.

Por que justamente a Grécia?

No passado, o Império Romano (pernas de ferro da Estátua) não surgiu enquanto o Grego não saiu de cena (ventre de Bronze).

Justamente a Grécia, em nosso dias, está impedindo a consolidação do “Novo Império Romano”.

“No final de 2009, como resultado de uma combinação de fatores internacionais (crise financeira internacional) e locais (gastos descontrolados antes das eleições de outubro 2009), a economia grega enfrentou sua maior crise desde de 1993, com o maior déficit orçamental (embora próximo aos da Irlanda e do Reino Unido), bem como a segunda maior dívida em relação ao PIB na União Europeia. A Grécia tem atualmente adotado duras medidas de austeridade para colocar o seu déficit sob controle, que ganhou o apoio de líderes da UE e da Comissão Europeia, e serão acompanhados pela Comissão. Em maio de 2010, a Grécia contraiu o maior empréstimo já efetuado pelo FMI e outros Estados, cerca de 110 bilhões de euros.” (Wikipédia, tópico GRÉCIA).

Além da crise financeira, a nova ameaça grega vem na forma de terrorismo. Bem, os tempos estão muito interessantes.

Para mais detalhes leia o novo artigo: “O REINO QUE DURARÁ ETERNAMENTE”, no blog Mistérios do Arquivo7.

“Disse Daniel: Seja bendito o nome de Deus para todo o sempre, porque são dele a sabedoria e a força. Ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; é ele quem dá a sabedoria aos sábios e o entendimento aos entendidos.” (Daniel 2.20-21)

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 4.ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010

"O MUNDO ESTÁ FERVENDO!"

De acordo com o site citado abaixo, que mostra o resumo das principais noticias da semana (em nível internacional), as manchetes relacionadas às profecias bíblicas se avolumam.

Vejamos a relação entre as noticias em destaque e os “7 CÍRCULOS DAS PROFECIAS EM CUMPRIMENTO” (leia o artigo em http://www.misterio777.blogspot.com/).

 http://blogs.estadao.com.br/radar-global/category/a-semana-em-sete-noticias/

Domingo, 24 de outubro - O vazamento de quase 400 mil documentos sobre a Guerra do Iraque ocorre no momento em que cai a influência dos EUA sobre a política iraquiana e aumenta o domínio do Irã sobre Bagdá.

Relação com o 7.º Círculo:

07 – ORIENTE MÉDIO

c) A crise crescente – Isaias 29; Jeremias 30

d) Os conflitos no Iraque – Jeremias 50 e 51; Isaias 13; Apocalipse 9.13-18

f) A ameaça iraniana – Ezequiel 38

Segunda-feira, 25 de outubro - Um surto de cólera que matou mais de 250 pessoas nos últimos cinco dias no Haiti chegou à capital, Porto Príncipe, onde milhares de desabrigados vivem sem água e esgoto desde o terremoto que matou 250 mil pessoas, em janeiro.

Relação com o 1.º Círculo.

01 – ÁREA AMBIENTAL

a) Terremotos – Lucas 21.11; Isaías 24.19-20

b) Tempestades, Tsunamis – Lucas 21.25-26

d) Fome – Lucas 21.11; Apocalipse 6.8

e) Pestes – Lucas 21.11; Apocalipse 6.8; 16.2

f) Escassez de água potável – Joel 1.20; Apocalipse 11.6; 16.6

Terça-feira, 26 de outubro - Além do rápido avanço da doença (cólera), as forças de paz temem que a temporada de furacões, que começa agora, castigue ainda mais os acampamentos onde vivem 1,5 milhão de desabrigados do terremoto de 12 de janeiro.

Relação com o mesmo círculo citado no tópico anterior.

Quarta-feira, 27 de outubro - Um terremoto de 7,7 graus na escala Richter, seguido de um tsunami e uma erupção vulcânica, deixou pelo menos 138 mortos e 500 desaparecidos nas ilhas que formam a Indonésia, maior arquipélago do mundo, no Sudeste Asiático.

Relação com o 1.º Círculo.

Quinta-feira, 28 de outubro – Repercussão da morte do ex-presidente argentino Néstor Kirchner.

Sexta-feira, 29 de outubro – A homenagem de políticos, celebridades e esportistas argentinos, além de vários líderes internacionais, ao ex-presidente Néstor Kirchner.

Sábado, 30 de outubro - Pacotes-bomba, enviados do Iêmen, assustaram ontem os EUA e colocaram o país, além de aliados europeus e árabes, em alerta. Os pacotes estavam endereçados a instituições judaicas de Chicago.

Relação direta com os tópicos “c”, “d” e “f” do 7.º Círculo, Oriente Médio.

Das 7 noticias em destaque somente as relacionadas à morte do ex-presidente argentino não possuem ligações diretas com as profecias. Digo “ligações diretas”, pois indiretamente existem sim profundas relações proféticas que serão analisadas posteriormente no blog “Mistérios do Arquivo7”.

“Ouvi a palavra do Senhor, vós, filhos de Israel; pois o Senhor tem uma contenda com os habitantes da terra; porque na terra não há verdade, nem benignidade, nem conhecimento de Deus. Só prevalecem o perjurar, o mentir, o matar, o furtar, e o adulterar; há violências e homicídios sobre homicídios. Por isso a terra se lamenta, e todo o que nela mora desfalece, juntamente com os animais do campo e com as aves do céu; e até os peixes do mar perecem.”

(Oséias 4.1-3)

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 3.ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010

"Preparai a guerra, suscitai os valentes!"

"Quinta-feira, 21 de outubro - Depois de consultar Israel, o governo americano notificou ao Congresso que pretende vender US$ 60 bilhões em armamentos para a Arábia Saudita – num dos maiores negócios da história da indústria bélica americana. A ação tem o objetivo de aumentar o equilíbrio na região, onde cresce a ameaça de um Irã nuclear. Segundo o anúncio conjunto do Pentágono e do Departamento de Estado, os sauditas comprarão 84 novos F-15 da Boeing, 70 helicópteros Apache, 36 aparelhos menores denominados AH-6M Little Bird e 72 helicópteros Black Hawk, entre outros armamentos, além da atualização tecnológica de 70 caças F-15 que Riad já possui."

http://blogs.estadao.com.br/radar-global/category/a-semana-em-sete-noticias/

O Oriente Médio continua se armando. Por enquanto, o governo saudita é aliado dos Estados Unidos e “amigo” de Israel. Mas, o que poderia acontecer se, de um momento para outro, um governo anti-Israel e anti-EUA assumisse o trono da Arábia Saudita? Aí Israel estaria diante da ameaça mortal trazida pelas armas fabricadas pelos amigos americanos. Se Israel apóia esse crescente armamento saudita, achando que o governo islâmico de lá nunca será uma ameaça, é porque é muito ingênuo e desconhece por completo as palavras dos seus próprios profetas.

“Naquele dia farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a erguerem, serão gravemente feridos. E ajuntar-se-ão contra ela todas as nações da terra.(Zacarias 12.3)

O ódio contra Israel no final dos tempos será mundial: “Pois eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém;” (Zacarias 14.2), simplesmente porque a Besta dominará toda a terra (Apocalipse 13).

No Salmo 83 temos uma profecia detalhada e atual, mostrando a aliança árabe-islâmica contra Israel, com o firme propósito de apagar o nome desse povo do mapa. Na notícia citada no inicio deste texto lemos:

“A ação tem o objetivo de aumentar o equilíbrio na região, onde cresce a ameaça de um Irã nuclear”

A ingenuidade dos líderes americanos acredita que, num eventual ataque iraniano, os sauditas seriam aliados preciosos. O atual governo poderia ser. Mas quem pode impedir que um novo Ahmadinejad assuma o trono da Arábia? Se algum dos leitores conhece um pouco da história do Irã nos anos 70 sabe que naquela época o governo iraniano era aliado dos Estados Unidos. Mas em 1979, explodiu a Revolução Islâmica, comandada pelo famoso aiatolá Khomeini.

Atualmente, Irã e EUA não sentam na mesma mesa.

Também devemos lembrar que Osama Bin Laden era um aliado dos americanos nos anos 80. Saddam Hussein também, por incrível que pareça, já andou de braços dados com o governo americano (especialmente durante a guerra Irã-Iraque, 1980-1988). Então, diante desses fatos, é fácil qualquer profeta hoje em dia adivinhar que, no futuro, a coisa vai ficar muito feia pra Israel. E com o apoio dos seus “amigos”.

Alguns fatos proféticos que nos levarão diretamente à Guerra de Armagedom:

1 – Os países do Oriente Médio se armam na mesma proporção em que cresce o antissemitismo (ódio aos judeus);

2 – Quase todos os profetas bíblicos falaram que no FIM DOS DIAS, pouco antes do Retorno do Messias, Israel será atacado por todas as nações;

3 – Todas as Conferências de Paz para o Oriente Médio têm enfrentado problemas em parte ou completamente, porque a principal exigência islâmica (o controle da parte oriental de Jerusalém) é impossível de ser aceita por Israel. Jerusalém é o impasse (ou a chave) da paz mundial. Exatamente como disseram os profetas (veja especialmente Zacarias, capítulos 12 e 14).

Como duvidar das afirmações bíblicas diante do quadro político do Oriente Médio hoje?

“Proclamai isto entre as nações: Preparai a guerra, suscitai os valentes. Cheguem-se todos os homens de guerra, subam eles todos.”

(...)

“Apressai-vos, e vinde, todos os povos em redor, e ajuntai-vos; para ali, ó Senhor, faze descer os teus valentes.”

“Suscitem-se as nações, e subam ao vale de Jeosafá; pois ali me assentarei, para julgar todas as nações em redor.”

(...)

“Multidões, multidões no vale da decisão! porque o dia do Senhor está perto, no vale da decisão.”

(Joel 3.9, 11, 12, 14)

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 2.ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010

 UMA SEMANA COM FORTES CONTORNOS APOCALÍPTICOS

Nesta semana teve terremoto no Brasil, ameaça de ataque terrorista na Europa, pressão árabe contra Israel e tragédia ambiental. Não dá pra comentar tanta coisa neste espaço, mas faremos um comentário breve sobre cada tópico. Tenha em mente o texto “OS 7 DESENHOS PROFÉTICOS DO QUEBRA-CABEÇA DOS TEMPOS FINAIS”, publicado no blog MISTÉRIOS DO ARQUIVO7 e veja como a agenda profética está em dias.

Terremoto atinge região Centro-Oeste - Abalo de 4,6 graus teve epicentro em Mara Rosa (GO) com alcance de até 500 km. Defesa Civil de Brasília registrou 200 atendimentos telefônicos e prédios públicos foram esvaziados.”

http://ultimosegundo.ig.com.br/ 08/10/2010

As profecias afirmam que TODA A TERRA será abalada por terremotos no FIM DOS DIAS (Isaias 24.19-20). O Brasil não é exceção. Relação com o 5.º desenho profético – OPERAÇÃO: DESTRUIR O PLANETA.

“Liga Árabe dá prazo de 1 mês para que negociações diretas sejam retomadas - Sirte (Líbia), 8 out (EFE).- A Liga Árabe deu hoje prazo de um mês para tentar relançar as conversas diretas entre israelenses e palestinos, após a reunião do comitê de acompanhamento da iniciativa de paz com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, na cidade líbia de Sirte.”

http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2010/10/08/ult1807u58464.jhtm

A aliança árabe cada vez mais coloca Israel contra a parede e ninguém consegue resolver esse “abacaxi”. Veja a relação com o 3.º desenho profético A ALIANÇA ÁRABE – Os árabes, divididos durante séculos, precisam estar em comum acordo na luta contra um inimigo comum – Israel. Quando falam das grandes guerras que Israel terá que travar ao retornar à sua pátria, os profetas sempre citam nações árabes, e povos ao redor de Israel, como os primeiros a empunhar as armas contra o “inimigo sionista”. Basta uma olhada superficial em Joel 3, Zacarias 12, 14, Ezequiel 38 e 39, etc.

“Segunda-feira, 4 de outubro - Os EUA e a Grã-Bretanha emitiram alertas sobre possíveis atentados terroristas na Europa. As advertências foram dirigidas, inicialmente, a seus próprios cidadãos e tiveram como base a confirmação, pela inteligência americana, da informação de que a rede Al-Qaeda e seus aliados no Paquistão e no Norte da África estariam organizando os atentados. Os alvos potenciais seriam cidades da França, Alemanha e Grã-Bretanha.”

http://blogs.estadao.com.br/radar-global/category/a-semana-em-sete-noticias/

Para onde nos levarão esses atentados terroristas? Nem todo país muçulmano possui vínculo com a rede Al-Qaeda e os que não tem essa conexão também são ameaçados e sofrem atentados cada vez mais freqüentes.  Não é impossível que um dia estoure uma guerra entre Ocidente (EUA e aliados europeus) e Oriente (países muçulmanos), pois as profecias (especialmente Daniel 11.40-45) indicam isso. Nessa futura guerra, Israel, que fica entre os dois mundos, estará na pior situação de sua história.

“Sexta-feira, 8 de outubro - O vazamento de lama tóxica provocado pelo acidente em uma indústria na Hungria chegou ao Rio Danúbio, um dos principais da Europa, e pôs em alerta seis países do Leste Europeu. Para as centenas de moradores das cidades atingidas, a lama significaria simplesmente o fim de seus vilarejos, já que a contaminação levará décadas para se dissipar e o governo anuncia que não faz sentido reconstruir as casas nos mesmos locais.”

http://blogs.estadao.com.br/radar-global/category/a-semana-em-sete-noticias/

Aqui voltamos novamente para o 5.º desenho profético (OPERAÇÃO: DESTRUIR O PLANETA). Alguém ainda se lembra de CHERNOBYL? Recentemente tivemos a tragédia petrolífera no Golfo do México, cujos danos ao meio ambiente ainda são calculados e todo relatório a respeito está recheado de “palavrões” do tipo “gigantesco”, “catastrófico”, “apocalíptico”, “estarrecedor”, etc.

Só o cético mais cego é capaz de negar que a operação para a destruição do planeta Terra começou faz muito tempo.

“Tocai a trombeta em Sião, e dai o alarma no meu santo monte. Tremam todos os moradores da terra, porque vem vindo o dia do Senhor; já está perto; dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de negrume!... E há de ser que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo; ...” Joel 2.1,2,32

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 1.ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010

FUGA PARA AS ESTRELAS

São tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, especialmente no Oriente Médio, que nos levam, muitas vezes, a nos esquecermos dos sinais relacionados ao espaço. Mas a profecia bíblica abrange também o espaço, o cosmos e não somente o planeta terra.

Por isso, uma noticia astronômica nesta semana merece uma análise à luz das profecias.

“Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável”

“Pesquisadores afirmam ter encontrado planeta que pode sustentar vida animal fora do Sistema Solar”

“Pesquisadores da Universidade da Califórnia e do Carnegie Institution of Washington anunciaram nesta quarta-feira a descoberta de um planeta com três vezes a massa da Terra orbitando uma estrela a uma distância que o coloca diretamente em uma "zona habitável".

http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI175695-17770,00-CIENTISTAS+DESCOBREM+PLANETA+POTENCIALMENTE+HABITAVEL.html

Com mais essa descoberta novamente vem à tona os ambiciosos projetos de se criar uma espécie de “arca de Noé espacial”, ou seja, uma estação espacial que abrigue algumas espécies humanas privilegiadas (diga-se bilionárias), que, darão continuidade a raça humana. Pois as ameaças contra o nosso planeta são cada vez mais reais e a Humanidade terá que procurar refúgio em outros lugares se quiser evitar a extinção.

A incessante busca por planetas que possam abrigar a vida humana aumenta na medida em que crescem as ameaças de destruição total do homem.

"Cedo ou tarde desastres como a colisão de asteróides ou uma guerra nuclear podem eliminar todos nós. Mas, se conseguirmos nos espalhar pelo espaço e criar colônias independentes, nosso futuro está garantido", disse o inglês Stephen Hawking, o maior físico vivo da atualidade, que ficou paralisado devido a uma doença muscular surgida quando ele tinha 21 anos e que fala por meio de um sintetizador de voz computadorizado. (http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,AA1370117-5603,00-HUMANIDADE+PRECISA+COLONIZAR+OUTROS+PLANETAS+DIZ+HAWKING.html).

Em seu livro mais recente, o famoso físico exclui Deus da criação do Universo.

“Stephen Hawking descarta papel de Deus na criação do Universo - Em seu novo livro, físico britânico afirma que 'a criação espontânea' é a razão pela qual existe algo em vez de nada.”

“O cientista britânico Stephen Hawking afirma em seu novo livro, ainda inédito, que a física moderna descarta a participação de Deus na origem do Universo e diz que aparentemente o Big Bang foi uma consequência natural das leis da física.”

“Em ‘The Great Design’ (O Grande Projeto, em tradução livre), que teve trechos publicados nesta quinta-feira (2) pelo jornal britânico "The Times", Hawking afirma que "a criação espontânea é a razão pela qual existe algo em vez de nada".

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2010/09/stephen-hawking-descarta-papel-de-deus-na-criacao-do-universo.html

Além da ameaça crescente de um choque entre a terra e um asteróide e do fator nuclear, existe algo muito pior, uma ameaça mais próxima do seu cumprimento: A FALTA DE ÁGUA POTÁVEL. Não precisamos citar estatística. A preocupação com o líquido mais precioso do planeta está em alta, especialmente no mundo científico.

Existem duas verdades que ninguém é capaz de negar:

1 – A vida humana nunca esteve tão ameaçada (poluição, contaminação nuclear, efeito estufa, buraco na camada de ozônio, fim da água potável, asteróides, novas pestes, etc).

2 – Jesus disse uma frase na Bíblia que só veio fazer sentido no século XX. Está em Mateus 24.21-22: “... porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá. E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.”

Não precisamos ser especialistas em interpretação textual para entendermos o que Jesus quis dizer. EXISTIRÁ UMA AMEAÇA À VIDA HUMANA TÃO GRANDE QUE, SE NÃO HOUVER UMA INTERVENÇÃO DIVINA, NINGUÉM ESCAPARÁ!

Sabendo disso, o homem procura esperança e refúgio entre as estrelas. Mas, antes que Jesus volte, será que o homem conseguirá se estabelecer entre as estrelas, fugindo da destruição?

Algumas profecias merecem profundas reflexões:

“Ainda que cavem até o Seol, dali os tirará a minha mão; ainda que subam ao céu, dali os farei descer. Ainda que se escondam no cume do Carmelo, buscá-los-ei, e dali os tirarei; e, ainda que se ocultem aos meus olhos no fundo do mar, ali darei ordem à serpente, e ela os morderá.” (Amós 9.2-3)

“Embora subas ao alto como águia, e embora se ponha o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o Senhor.” (Obadias 4)

“... os homens desfalecerão de terror, e pela expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto os poderes do céu serão abalados.” (Lucas 21.26)

“E todo o exército dos céus se dissolverá, e o céu se enrolará como um livro; e todo o seu exército desvanecerá, como desvanece a folha da vide e da figueira. Pois a minha espada se embriagou no céu;” (Isaias 34.4-5)

As profecias afirmam que os juízos de Deus atingirão os céus e a terra. Portanto, o que está nos céus (entre os planetas) será abalado.

“E vi quando abriu o sexto selo, e houve um grande terremoto; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua toda tornou-se como sangue; e as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira, sacudida por um vento forte, deixa cair os seus figos verdes. E o céu recolheu-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares.” (Apocalipse 6.12-14).

Só existe um refúgio seguro.

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares;”

(Salmo 46.1-2)

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 4.ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010

A FESTA DOS TABERNÁCULOS E SEUS RICOS SIGNIFICADOS PROFÉTICOS

É fácil demais falar em profecias bíblicas no mês de setembro, pois é o mês em que são comemoradas as três últimas das Festas Proféticas de Levítico 23.

Recentemente escrevi um texto mostrando a relação entre a Festa das Trombetas, a queda das Torres Gêmeas e o Retorno de Cristo. Nesta semana (desde quinta-feira, 23 de setembro) os judeus comemoram (em todo mundo onde existe uma comunidade judaica) a sua festa mais alegre, Tabernáculos (também chamada SUCOT). Observem a relação com o número 7:

- É exatamente a 7.ª festa;

- É realizada no 7.º mês do calendário religioso judaico (que é o 1.º do calendário civil);

- Tem a duração de 7 dias;

- Nos tempos bíblicos durante a realização dessa festa era sacrificado um número significativo de animais, sempre no padrão 7: 7 bodes, 14 carneiros (2 x 7), 70 novilhos e 98 cordeiros (que é 7 + 7 x 7);

Nesta festa os israelitas habitam em cabanas ou tabernáculos (Lv.23:42) durante uma semana (Lv.23:42). Essas cabanas são feitas de ramos de árvores (Ne.8:14-18). A Festa dos Tabernáculos é também conhecida como Festa das Colheitas, porque marca o início da colheita outonal de frutas e azeitonas (Ex.23:16), dura do 15° ao 22° dia do sétimo mês (setembro - outubro).

Essa festa é considerada a mais alegre de todas. Os rabinos dizem: "quem nunca viu Jerusalém na época dessa festa não sabe o que significa regozijar mesmo." (Eles bebem, cantam, dançam regozijam). Ë um festival de outono. Depois da ceifa realiza-se essa festa dando graças a Deus por tudo que foi ceifado e oram que Deus lhes de chuva o ano que vem. O que essa alegria toda lembra? Com certeza DO RETORNO DE CRISTO PARA O SEU POVO! É a festa da alegria e do descanso. O povo judeu tem sofrido muito, mas quando Cristo voltar haverá paz na terra, os desertos se cobrirão de flores e Israel cantará de novo, seguro em sua própria terra. É o que dizem todas as profecias.

Por todas essas características, é muito fácil percebermos o significado profético dessa 7.ª e última festa. Não poderia ser outro, senão O FUTURO REINO DE CRISTO NA TERRA. Isso é tão certo que o profeta Zacarias disse que, quando Jesus voltar TODAS AS NAÇÕES (e não somente Israel) COMEMORARÁ A FESTA DOS TABERNÁCULOS, TODOS OS ANOS!

“Então todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorarem o Rei, o Senhor dos exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos. E se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o Senhor dos exércitos, não cairá sobre ela a chuva. E, se a família do Egito não subir, nem vier, não virá sobre ela a chuva; virá a praga com que o Senhor ferirá as nações que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos. Esse será o castigo do Egito, e o castigo de todas as nações que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos.” (Zacarias 14:16-19).

Por fim, a Festa dos Tabernáculos aponta para o significado de DEUS HABITANDO ENTRE OS HOMENS. O elemento principal desta festa é a presença de Deus entre os homens, trazendo luz e repouso eterno (Apocalipse 21:3,4). Por esta causa Cristo veio ao mundo: "E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós..."(Jo.1:14). Não é por acaso que Cristo recebeu o nome de "...Emanuel, que quer dizer Deus conosco (Mt.1:23)." A palavra traduzida por HABITOU em João 1.14, (ESKÊNÔSEN, em grego) também significa “tabernaculou”.

O Templo de Israel simbolizava a HABITAÇÃO DE DEUS no meio dos homens. Em que mês o primeiro Templo (construído pelo rei Salomão) foi inaugurado? Exatamente no 7.º mês, DURANTE A FESTA DOS TABERNÁCULOS (1 Reis 8). Não nos esqueçamos que Jesus certa vez revelou que o Templo de pedras era um símbolo do SEU CORPO (João 2.19-21).

Os grandes acontecimentos bíblicos geralmente aconteciam em épocas de festas. A morte e Ressurreição de Cristo ocorreram na semana da Páscoa. E a inauguração da Igreja Cristã aconteceu exatamente no dia da Festa das Semanas (também chamada Pentecostes). Pessoalmente acredito que o Retorno de Cristo acontecerá no período das três últimas festas (Trombetas, Expiação e Tabernáculos), portanto, entre os meses de setembro e outubro.

Se a Morte e Ressurreição de Nosso Senhor aconteceram em períodos de festas proféticas, seria de admirar que Seu Nascimento tivesse ocorrido TAMBÉM em época de festa? Não quero falar deste assunto aqui, pois existem muitas coisas já publicadas no Arquivo7. Recomendo:

- “O ESTUDO DAS PROFECIAS REVELA O MÊS EM QUE JESUS NASCEU?” - http://777.blig.ig.com.br/2006/12/o-estudo-das-profecias-revela.html (este é o link de um antigo blog do Arquivo7, que não atualizo mais).

- “A EXATIDÃO MATEMÁTICA DA BÍBLIA” – Um estudo em slides, revelando o mês exato do Nascimento de Cristo, e provando por meio de passagens bíblicas (acompanhadas de ilustrações e gráficos). Faça o download na seção de slides deste site.

 “E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe. E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo. E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles.”

(Apocalipse 21.1-3).

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 3.ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010

A SEMANA EM SETE NOTICIAS

Existe uma página de notícias bem interessante na Internet. Ela mostra as noticias que foram destaques na semana – e são exatamente SETE NOTICIAS. Bem significativo, não? O site é:

http://blogs.estadao.com.br/radar-global/category/a-semana-em-sete-noticias/

Conforme o site já citado, veja as 7 notícias internacionais mais importantes da 3.ª semana de setembro de 2010.

Domingo, 12 de setembro - Em período pré-eleitoral, as cenas de fobia ao Islã observadas nos EUA nos últimos dias contaminam a disputa entre republicanos e democratas. Sensível e emocional, a oposição à construção de um centro comunitário muçulmano nas proximidades do antigo World Trade Center, em Nova York, destruído no ataque terrorista há nove anos, tornou-se bandeira dos republicanos para obter a maioria do Congresso em 2 de novembro.

Segunda-feira, 13 de setembro - Ignorando os apelos da Casa Branca e do Departamento de Estado dos EUA, o premiê de Israel, Binyamin ‘Bibi’ Netanyahu, declarou que a medida que congela a expansão dos assentamentos judaicos na Cisjordânia não será renovada. A moratória, estabelecida há dez meses, expira dia 26 e os palestinos consideram sua manutenção fundamental para o sucesso do recém-lançado diálogo direto patrocinado pelos EUA. “Os palestinos demandam que não haja construções depois de 26 de setembro. Mas Israel não pode manter o congelamento”, disse Netanyahu, admitindo o reinício das obras em duas semanas. De acordo com a organização pacifista israelense Peace Now, a construção de mais de 2.000 casas serão iniciadas assim que o congelamento for encerrado.

Terça-feira, 14 de setembro - Para evitar o colapso das negociações de paz e uma revolta de sua base aliada, o premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, desengavetou uma proposta de seu antecessor, Ehud Olmert, para permitir construções nos três principais assentamentos na Cisjordânia – cuja anexação ao território israelense o governo considera certa. A informação foi revelada pelo jornal israelense Haaretz.

Quarta-feira, 15 de setembro - Os EUA pediram a Israel para que mantenha o congelamento nas construções em assentamentos na Cisjordânia – a suspensão deve terminar no dia 30. A declaração foi feita pelo enviado especial dos EUA ao Oriente Médio, George Mitchell, depois de encontro como premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, e com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, em Sharm el-Sheikh, no Egito.

Quinta-feira, 16 de setembro - Há progressos no diálogo de paz entre israelenses e palestinos, garantiu o governo americano. George Mitchell, enviado da Casa Branca para o Oriente Médio, disse a jornalistas em Jerusalém que o premiê de Israel, Binyamin “Bibi” Netanyahu, e o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, discutiram “todos os temas centrais do conflito”. Mas ele manteve a lei do silêncio sobre o conteúdo exato das negociações.

Sexta-feira, 17 de setembro - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, em meio ao bate-boca com membros da Comissão Executiva da União Europeia, manteve seu desafio ao bloco e anunciou que prosseguirá com sua política de deportação de ciganos romenos e búlgaros. A crise se aprofundou com a decisão da UE, na reunião de cúpula, de lançar uma investigação sobre as praticas francesas.

Sábado, 18 de setembro - O FBI (polícia federal dos EUA) prendeu ontem Pedro Leonardo Mascheroni, de 75 anos, físico argentino naturalizado americano, e sua mulher, Marjorie Roxby Mascheroni, de 67 anos. O casal é acusado de tentar vender informações nucleares secretas para a Venezuela. Nos anos 80, ambos trabalharam para o Laboratório Nacional de Los Alamos, berço do programa atômico americano e tinham acesso a segredos nucleares do país

O que chama a atenção é que a maioria das noticias da semana geralmente são associadas ao Oriente Médio, isto é, as terras bíblicas. A região em que, segundo os profetas hebreus, decidirá o futuro da humanidade.

Observe que, dos 7 dias da semana, somente sexta-feira e sábado não trouxeram uma notícia relacionada ao Oriente Médio.

Quantos países existem no mundo atualmente? Difícil dizer com exatidão, mas sabemos que já ultrapassou o número de 200. Veja o que diz a revista MUNDO ESTRANHO (da Editora Abril):

“Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), existem 191 países. Mas há algumas ausências nessa lista. As duas mais famosas são Taiwan, cuja independência não é reconhecida pela China, e o Vaticano, que, apesar de ficar de fora do cadastro da ONU, é "observador permanente" da entidade, status que dá direito a voto nas conferências. Além desses dois, a ONU não contabiliza possessões e territórios. A Groenlândia, por exemplo, fica de fora porque é território da Dinamarca. Para ganhar a carteirinha de sócio, o país deve ter fronteiras definidas, sustentação econômica - uma moeda ajuda bastante - e soberania nacional. E ainda deve ser reconhecido pelos outros integrantes do clube. Mas a lista da ONU não é a única. Algumas associações esportivas também têm as suas. É o caso do Comitê Olímpico Internacional, com 202 membros, e da Fifa, que tem 205.”

http://mundoestranho.abril.com.br/geografia/pergunta_287245.shtml

Não é impressionante que, dentre os mais de 200 países do globo terrestre, o noticiário fala mais do Oriente Médio do que das outras partes do mundo? Não é incrível que Israel sempre está no centro desses noticiários?

Antes de 1948, nenhum jornal falava de Israel, pois os judeus estavam espalhados pelo mundo, desprezados e perseguidos. Mas após 14 de maio de 1948 (data da Independência de Israel), o mundo parece girar somente em torno desse povo. Você pode desprezar as profecias bíblicas, mas é impossível o mundo evitar o cumprimento delas.

Os profetas israelitas, quando falavam do final dos tempos (o tempo da Vinda do Messias), sempre apontavam para Israel e seus vizinhos como o centro do noticiário internacional. Em outras palavras, QUANDO CHEGASSE O FIM DOS TEMPOS, O MUNDO NÃO CONSEGUIRIA MAIS SE DESVENCILHAR DE ISRAEL!

Você é capaz de negar que isto esteja acontecendo hoje?

As profecias citadas a seguir são claras demais e mostram que, no final dos tempos, pouco antes do Retorno de Cristo, a atenção do mundo e as próprias nações serão atraídas para o Oriente Médio.

“Eis que eu farei de Jerusalém um copo de atordoamento para TODOS OS POVOS em redor, e também para Judá, durante o cerco contra Jerusalém. Naquele dia farei de Jerusalém uma pedra pesada para TODOS OS POVOS; todos os que a erguerem, serão gravemente feridos. E ajuntar-se-ão contra ela TODAS AS NAÇÕES DA TERRA.” (Zacarias 12.2,3)

 “Pois eis que naqueles dias, e naquele tempo, em que eu restaurar os exilados de Judá e de Jerusalém, congregarei TODAS AS NAÇÕES, e as farei descer ao vale de Jeosafá; e ali com elas entrarei em juízo, por causa do meu povo, e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam por entre as nações; repartiram a minha terra,... Suscitem-se as nações, e subam ao vale de Jeosafá; pois ali me assentarei, para julgar todas as nações em redor. ... Multidões, multidões no vale da decisão! porque o dia do Senhor está perto, no vale da decisão.” (Joel 3.1,2,12,14)

Observe as expressões “TODAS AS NAÇÕES”, “TODOS OS POVOS”. Existem muitas outras profecias mostrando que, no final, Deus atrairá TODAS AS NAÇÕES para o acerto de contas não numa região qualquer, mas exatamente no Oriente Médio, em ISRAEL.

“E o Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os céus e a terra tremem, mas o Senhor é o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel.” (Joel 3.16)

O versículo acima prova que os juízos de Deus procederão de Jerusalém, ou seja, de Israel. A maior batalha da história da humanidade acontecerá não num lugar qualquer, mas no Oriente Médio, a poucos quilômetros de Jerusalém.

Agora pense: São mais de 200 países no planeta terra. Mas a preocupação de líderes mundiais e jornalistas nos últimos 62 anos tem sido os países do Oriente Médio (especialmente Israel), EXATAMENTE O QUE A BÍBLIA DISSE QUE IRIA ACONTECER!

Esta não é uma boa razão para levarmos a sério o que a Bíblia diz?

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 2.ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010

11 de setembro de 2001 – Relação com as Profecias Bíblicas, ou apenas coincidências?

Muitas coisas espantosas (relacionadas as profecias bíblicas) continuam ocorrendo no mundo, mas não podemos ignorar que o acontecimento (embora já pertencente ao passado) mais comentado da semana foi o ATAQUE TERRORISTA ÀS TORRES GÊMEAS AMERICANAS EM 11 DE SETEMBRO DE 2001!

Já se disse muitas coisas sobre esse evento (das teorias mais extremas – de que os terroristas foram os próprios americanos, em conluio com os ILLUMINATTIS – às opiniões mais céticas – de que esse atentado não tem significado nenhum dentro da Bíblia).

Mas, diante de tantas teorias conspiratórias, é possível filtrarmos alguns fatos e encontrarmos ligações CLARAS com as profecias bíblicas? Creio que sim, e os próximos parágrafos tentarão provar isso.

Primeiramente, NÃO EXISTE NENHUMA PROFECIA BÍBLICA que fale diretamente da queda do World Trade Center. No período pós-atentado, em 2001, muitos programas de televisão mostraram supostas profecias de Nostradamus falando claramente sobre os atentados. Como se não bastasse, muitos “especialistas” se aventuraram em mostrar na Bíblia “profecias bem evidentes” que “mostravam” os aviões se chocando contra as torres.

Não vou discutir essas interpretações aqui (na verdade já fiz isso, em nosso blog MISTÉRIOS DO ARQUIVO7. Leia aqui, http://www.misterio777.blogspot.com/).

Mas, por outro lado, EXISTEM EVIDÊNCIAS BEM CLARAS DA RELAÇÃO ENTRE OS ATAQUES AO WTC E AS PROFECIAS BÍBLICAS.

1 – OS ÁRABES E ISRAEL

Não há como negar a conexão desses dois povos nos eventos de 11 de setembro. Os terroristas que seqüestraram os aviões eram árabes (maioria sauditas). Semanas antes, os americanos haviam se retirados de uma conferência sobre racismo na África. Retiraram-se em protesto porque os árabes aproveitaram o evento para acusarem Israel de racismo. Vejam um trecho publicado na Folha on-line, exatamente em 10 de setembro de 2001:

Texto de Conferência contra o Racismo satisfaz Israel
(10/09/2001)

A declaração final da Conferência da ONU contra o Racismo, a Xenofobia e a Intolerância Correlata, criticada por países árabes e muçulmanos, foi considerada uma vitória por Israel.

Os EUA, que deixaram a reunião ao mesmo tempo que Israel, se declararam "decepcionados" com a conferência de Durban (África do Sul), alegando que ela havia sido "politizada".

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Kofi Annan, contudo, se disse satisfeito com o acordo, afirmando que um fracasso teria "reconfortado os piores elementos da sociedade".

Israel e os EUA deixaram a conferência na segunda-feira passada por causa da "linguagem de ódio" utilizada nas referências a Israel. A partir de então, a UE (União Européia) e a África do Sul se esforçaram para elaborar um texto que evitasse o fracasso da conferência.

(http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/2001-conferencia_mundial_racismo.shtml)

Nem bem a Conferência terminou e o terror ataca. Em muitas de suas falas (divulgadas pela TV islâmica Al-Jazeera), Osama Bin Laden deixa claro que seu ódio aos Estados Unidos é, principalmente, devido ao apoio americano a Israel.

27 de Dezembro - A Al-Jazeera divulga um vídeo em que Bin Laden considera que "o terrorismo contra os Estados Unidos é louvável porque está destinado a responder à injustiça e a forçar os Estados Unidos a deixar de apoiar Israel, que nos mata".

(Veja mais frases de Bin Laden aqui: http://noticias.uol.com.br/ultnot/afp/2007/09/07/ult34u189038.jhtm%2011/09/2001)

Quando lemos as centenas de profecias bíblicas sobre o final dos tempos, e comparamos com a situação atual, sentimos um calafrio.

Os profetas hebreus declararam – centenas de vezes – que a última guerra mundial antes da chegada do Messias, envolverá o mundo todo, mas os personagens centrais serão Israel e os árabes (Zacarias12 a 14; Ezequiel 38 e 39; Joel 3; Jeremias 46 a 51, etc.).

Mas é claro que Israel é o ator principal. No final, todo mundo vai declarar o Estado Judeu culpado de tudo de ruim que acontece neste planeta - E SÓ A REPENTINA (e milagrosa) INTERVENÇÃO DO MESSIAS JESUS LIVRARÁ ISRAEL DA ANIQUILAÇÃO. 

2 – AS TORRES FORAM DERRUBADAS 7 DIAS ANTES DO MÊS DO APOCALIPSE EM ISRAEL!

Um acontecimento tão significativo e de proporções tão gigantescas ocorreu justamente num período extremamente significativo – o inicio do Ano Novo Judaico, AS FESTAS DAS TROMBETAS, O TEMPO DO JULGAMENTO. Neste ano, o 11 de setembro quase coincidiu com o Ano Novo Judaico (que ocorreu das 18:00 horas de 08 às 18:00 horas de 10 de setembro). E observem bem isto: a data de hoje (11/09/2010) é um anagrama de 11/09/2001.

Sobre isto escrevi um texto recentemente. Leia aqui:   http://misterio777.blogspot.com/2010/09/perigosa-lua-nova-de-setembro.html).

3 – O DIA DO ATAQUE TERRORISTA E O DIA DO INICIO DA GUERRA AO AFEGANISTÃO (EM BUSCA DE BIN LADEN) APARECEM NUM MESMO CONTEXTO NUMA PASSAGEM BÍBLICA

Deus usou o profeta Ageu  (6.º Século antes de Cristo) com uma série de mensagens de despertamento para toda a nação israelita. O interessante é que o profeta colocou a data de suas mensagens e em duas delas colocou as mesmas datas que chocaram o mundo recentemente. Veja só:

“E O SENHOR DESPERTOU O ESPÍRITO DO GOVERNADOR DE JUDÁ ZOROBABEL, FILHO DE SEALTIEL, E O ESPÍRITO DO SUMO SACERDOTE JOSUÉ, FILHO DE JEOZADAQUE, E O ESPÍRITO DE TODO O RESTO DO POVO; E ELES VIERAM, E COMEÇARAM A TRABALHAR NA CASA DO SENHOR DOS EXÉRCITOS, SEU DEUS, AO VIGÉSIMO QUARTO DIA DO SEXTO MÊS” (Ageu 1.14-15).

Em 2001, no calendário judaico, o dia 24 do 6.º mês, começou na noite de 11 de setembro de 2001.

Logo que termina de pronunciar as palavras escritas acima, o profeta Ageu proclama outra mensagem, e cita novamente uma data muito significativa:

 “NO SEGUNDO ANO DO REI DARIO, NO SÉTIMO MÊS, AO VIGÉSIMO PRIMEIRO DO MÊS, VEIO A PALAVRA DO SENHOR POR INTERMÉDIO DO PROFETA AGEU, DIZENDO:

ORA, POIS, ESFORÇA-TE, ZOROBABEL, DIZ O SENHOR, E ESFORÇA-TE, SUMO SACERDOTE JOSUÉ, FILHO DE JEOZADAQUE, E ESFORÇAI-VOS, TODO O POVO DA TERRA, DIZ O SENHOR, E TRABALHAI; PORQUE EU SOU CONVOSCO, DIZ O SENHOR DOS EXÉRCITOS...” (Ageu 2.1-4).

Vejam bem: Dia 21 do 7.º mês, que é o ÚLTIMO DIA DAS COMEMORAÇÕES DA FESTA DOS TABERNÁCULOS (que faz parte do pacote de Festas do “mês do Apocalipse”).

Em 2001, o dia 21 do 7.º mês em Israel começou na noite de 07 de outubro de 2001, quando os Estados Unidos iniciaram a ofensiva contra o Afeganistão. Em outras palavras: No 7.º dia de outubro (em nosso calendário), os judeus estavam comemorando o 7.º dia da Festa dos Tabernáculos.

O que você acha? Seriam apenas absurdas coincidências?

4 – E POR ÚLTIMO, NÃO PODEMOS IGNORAR UMA ESTRANHA COINCIDÊNCIA NUMÉRICA LIGADA A ESSE ATAQUE TERRORISTA

Uma das bases de pesquisas do Arquivo7 é a Numerologia Bíblica. Portanto, pelo menos como curiosidade extra, citarei os fatos numéricos abaixo, cabendo a você decidir se possuem significados ou não (é claro que todos já conhecem minha opinião sobre isso – e já está bastante divulgada por aí).

11 – UM NÚMERO RELACIONADO A MEDO, FRACASSO, COISAS INCOMPLETAS, ETC.

- CANAÃ (QUE NOÉ AMALDIÇOOU) TEVE 11 FILHOS;

- ESAÚ TEVE 11 FILHOS; mais tarde seus descendentes se tornaram cruéis inimigos de Israel até hoje.

- NA MORTE DE JESUS, SÓ HAVIA 11 DISCÍPULOS; foi um momento de medo, angústia e grande tristeza.

- JEOAQUIM REINOU 11 ANOS, ATÉ NABUCODONOSOR SUBIR CONTRA ELE E COMEÇAR SUA OBRA DE DESTRUIÇÃO EM JERUSALÉM;

-          ZEDEQUIAS REINOU 11 ANOS ATÉ QUE NABUCODONOSOR DESTRUIU JERUSALÉM;

-          QUANDO JACÓ PASSOU POR SUA GRANDE ANGÚSTIA, TINHA SOMENTE 11 FILHOS – Gênesis 32; essa é justamente a primeira passagem bíblica a mencionar o número 11.

-          A FOME VEIO SOBRE O MUNDO QUANDO JACÓ ESTAVA COM APENAS 11 DOS SEUS 12 FILHOS – Gênesis 40-45;

- O ANTICRISTO É CHAMADO NA BÍBLIA DE 11.º CHIFRE – Daniel 7.8.

- José viveu 11 anos na casa de Potifar.

Ele tinha 30 anos quando se apresentou diante de Faraó (Gn 41.46); Tinha 17 anos quando foi vendido para os egipcios (Gn 37.2,36); e Ficou dois anos na prisão (Gn 41.1).

A MAIOR TRAGÉDIA DO POVO DE ISRAEL COMEÇOU COM A SUA DIVISÃO EM DOIS REINOS NOS TEMPOS DE SALOMÃO. ESSA DIVISÃO DURA ATÉ HOJE (MAS ACABARÁ QUANDO CRISTO VOLTAR). TUDO OCORREU POR CAUSA DA IDOLATRIA DE SALOMÃO, E O FRACASSO DESSE GRANDE REI É RELATADO JUSTAMENTE NO CAPITULO 11 DO 11.º LIVRO DA BÍBLIA (I REIS); E JUSTAMENTE NO VERSÍCULO 11 DEUS PROMETE DIVIDIR O REINO DE SALOMÃO POR CAUSA DE SUA GRANDE IDOLATRIA! O MAIOR FRACASSO DE DAVI (SEU ADULTÉRIO COM BATE-SEBA) ACONTECEU JUSTAMENTE NO CAPITULO 11 DO LIVRO ANTERIOR (II SAMUEL).

DURANTE SEU MINISTÉRIO TERRENO RELATADO NOS EVANGELHOS, JESUS MENCIONOU A PALAVRA “INFERNO” EXATAMENTE 11 VEZES.

De todas as ocorrências envolvendo o número 11 nos atentados às Torres Gêmeas, 11 são suficientes para refletirmos se foi somente coincidência ou proposital.

01 – A tragédia ocorreu no dia 11 de Setembro.

02 – Somando-se o número do mês (9) com o dia (1 + 1) temos outro 11.

03 – O número do vôo do primeiro avião a se chocar contras as torres era justamente 11.

04 – E tinha exatamente 11 tripulantes.

05 – 11 tripulantes + 81 passageiros (1 + 1 + 8 + 1 = 11)

06 – A torre Norte do World Trade Center tinha 110 andares (10 x 11) e a torre Sul também.

07 – As duas torres ao longe formavam um gigantesco número 11.

08 – 11 de Setembro é o 254.º dia do ano (2 + 5 + 4 = 11).

09 – Após 11 de Setembro restam apenas 111 dias no ano.

10 – O telefone de emergência nos Estados Unidos é 911 (somados entre si dá 11). Ninguém pode negar que em 11/9 (de 2001) o telefone mais tocado nos EUA foi o 911.

11 – Uma curiosidade matemática: (11 + 11) x (11 + 11) = 253, que no calendário é equivalente ao dia 10 de setembro, véspera do dia 11.

(Os fatos acima são bastante divulgados pela imprensa e outros são facilmente comprovados usando uma simples calculadora). É claro que existem muitas outras “coincidências de 11” nesse acontecimento, porém muitas delas não podem ser provadas, e outras são manipulações (coincidências forçadas).

“Sobre todo monte alto, e todo outeiro elevado haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança, quando caírem as torres. (...) Eis que o nome do Senhor vem de longe ardendo na sua ira, e com densa nuvem de fumaça; os seus lábios estão cheios de indignação, e a sua língua é como um fogo consumidor;...” (Isaias 30.25,27).

Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 1.ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010

Folheando qualquer página de jornal hoje em dia, podemos encontrar relações com as profecias bíblicas. As palavras dos profetas de Israel estão se cumprindo na área política, religiosa, científica, social, ambiental, etc., de tal forma que se torna quase impossível catalogar tudo. De todas os acontecimentos nenhum é mais interessante e impactante do que os relacionados a Israel e Oriente Médio.

Nesta semana o Oriente Médio continuou nas manchetes. Na verdade, todos os dias o Oriente Médio aparece no noticiário. O mundo é grande, tem mais de 200 países, mas aquela região (conhecida no passado como “terras bíblicas”) insiste em ser capa de jornais e revistas – envolvendo coisas boas ou más.

De todas as noticias relacionadas com a região do planeta conhecida pelos especialistas como “barril de pólvora”, três se destacaram nesta semana: Uma boa, uma ruim e uma mais ou menos.

1 – A NOTICIA RUIM – Quatro israelenses foram mortos por terroristas do HAMAS, no mesmo dia em que Benjamin Netanyahu (primeiro-ministro israelense) e Mahmud Abbas (presidente da Autoridade Palestina) chegavam a Washington para mais uma tentativa de um acordo (duradouro) de Paz entre os dois povos.

Essa situação contraditória – Israel lutando pela paz, ao mesmo tempo em que o terror ataca – é um dos sintomas de que estamos nos tempos finais, pois é exatamente a situação predita pelos profetas.

“Esperamos a paz, porém não chegou bem algum; e o tempo da cura, e eis o terror.” (Jeremias 8.15)

2 - A NOTICIA MAIS OU MENOS – Tem a ver com as retomadas de negociações entre Israel e o povo palestino em busca de uma paz duradoura para o Oriente Médio. Todos torcemos para que haja paz naquela terra, mas a Bíblia deixa bem claro que uma FALSA PAZ sobrevirá ao mundo, começando pelo Oriente Médio, e terá como conseqüências a pior das guerras, Armagedom.

Mas a esperança vai triunfar sobre o medo, pois Jesus, o verdadeiro Príncipe da Paz, voltará um dia e estabelecerá UMA PAZ DE VERDADE entre Israel e os árabes, pois, afinal, são irmãos de sangue.

“Naquele dia Israel será o terceiro com os egípcios e os assírios, uma benção no meio da terra; porquanto o Senhor dos exércitos os tem abençoado, dizendo: Bem-aventurado seja o Egito, meu povo, e a Assíria, obra de minhas mãos, e Israel, minha herança.” (Isaias 19.24-25)

 3 – A NOTICIA BOA – Foi noticiado em vários veículos de comunicação.

Cientistas israelenses anunciam avanço no tratamento da Aids

Equipe de pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém conseguiu destruir células infectadas pelo vírus HIV

“Cientistas israelenses anunciaram que conseguiram destruir em laboratório células infectadas pelo vírus da Aids sem afetar as células saudáveis, informa o jornal Haaretz.

Os cientistas, da Universidade Hebraica de Jerusalém, destacaram que criaram um tratamento a base de peptídios (polímeros de aminoácidos) que provocam a autodestruição das células infectadas pelo vírus HIV.”  (http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/cientistas+israelenses+anunciam+avanco+no+tratamento+da+aids/n1237769220457.html - 03/09/2010)

Mais uma vez o nome de Israel aparece relacionado a avanços científicos importantes (especialmente na Medicina), trazendo esperança e cura para a Humanidade. Novamente nos lembramos das seguintes passagens bíblicas proféticas:

“E há de suceder, ó casa de Judá, e ó casa de Israel, que, assim como éreis uma maldição entre as nações, assim vos salvarei, e sereis uma bênção; não temais, mas sejam fortes as vossas mãos.” (Zacarias 8.13)

“Assim diz o Senhor dos exércitos: Naquele dia sucederá que dez homens, de nações de todas as línguas, pegarão na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.” (Zacarias 8.23)

“... e em ti [Abraão] serão benditas todas as famílias da terra.” (Gênesis 12.3)

“... porque a salvação vem dos judeus.” (João 4.22).

Existem muitas profecias ensinando que um dia Jerusalém será a capital do mundo e as bênçãos virão de lá como água corrente para regar toda a terra.

(Mais detalhes sobre este tema, veja uma série de estudos em slides, intitulados: A INFLUÊNCIA DOS JUDEUS NA HISTÓRIA MUNDIAL – disponíveis neste site).

 Moacir R. S. Junior

ESTA SEMANA NA PROFECIA – 4.ª SEMANA DE AGOSTO DE 2010

NOTICIAS

Cerca de 70% do país está sob risco crítico de fogo, aponta Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).”

(http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/08/27/cerca-de-70-do-territorio-nacional-esta-sob-risco-critico-de-fogo-diz-analista-do-inpe.jhtm)

 "Calor mata 700 pessoas por dia na Rússia

Autoridades da Rússia afirmaram que a pior onda de calor dos últimos 130 anos tem provocado 700 mortes por dia. Moradores de Moscou usam máscaras para se proteger da fumaça de incêndios nos arredores."

(http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1315680-7823-CALOR+MATA+PESSOAS+POR+DIA+NA+RUSSIA,00.html)

COMENTÁRIO

Há várias semanas que essa onda de calor tem afetado vários países, inclusive o Brasil. Muitas cidades tem sido castigadas com queimadas florestais e muitos estudiosos culpam o aquecimento global, efeito estufa e outros desequilíbrios ambientais tão discutidos nos últimos dias.

Para os tempos finais (isto é, os tempos pouco antes do Retorno de Jesus Cristo para reinar na terra), as profecias bíblicas destacam terríveis acontecimentos envolvendo fogo e calor.

O campo está assolado, e a terra chora; porque o trigo está destruído, o mosto se secou, o azeite falta. 

A vide se secou, a figueira se murchou; a romeira também, e a palmeira e a macieira, sim, todas as árvores do campo se secaram; e a alegria esmoreceu entre os filhos dos homens.

Como geme o gado! As manadas de vacas estão confusas, porque não têm pasto; também os rebanhos de ovelhas estão desolados.

A ti clamo, ó Senhor; porque o fogo consumiu os pastos do deserto, e a chama abrasou todas as árvores do campo.

Até os animais do campo suspiram por ti; porque as correntes d'água se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto.”

(Joel 2.10, 12, 18, 19, 20)

“E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o Senhor atar a contusão do seu povo, e curar a chaga da sua ferida.”

(Isaias 30.26)

“O primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva e fogo misturado com sangue, que foram lançados na terra; e foi queimada a terça parte da terra, a terça parte das árvores, e toda a erva verde.”

(Apocalipse 8.7)

“O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo.

E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória.”

(Apocalipse 16.8-9)

Moacir R. S. Junior

AS AMOSTRAS GRÁTIS DO APOCALIPSE

Os acontecimentos mais impactantes da semana analisados pela Profecia Bíblica

AMOSTRAS GRÁTIS DO APOCALIPSE?

Um dos princípios da Profecia Bíblica é que, geralmente há um pré-cumprimento, isto é, uma “amostra grátis” das coisas que ainda irão acontecer. Vejamos, resumidamente, alguns exemplos:

a) Os profetas falaram muito sobre o Dia do SENHOR, um dia de julgamentos sobre o mundo, quando Jesus voltar. Muitas vezes, quando a nação de Israel pecava contra Deus e era atacada por nações estrangeiras, era como se o Dia do Senhor tivesse chegado. Quando os profetas anunciavam a chegada do fim para Israel (Ezequiel 7), isso indicava a invasão iminente de uma poderosa nação inimiga, mas ao mesmo tempo apontava para a pior angústia de Israel no fim dos tempos (Sofonias 1).

b) A destruição da Babilônia de Nabucodonosor foi ao mesmo tempo uma amostra grátis da destruição da futura Babilônia anticristã – Isaias 13; Jeremias 50 e 51; Apocalipse 18. Quando os profetas falam da queda da Babilônia, estão apontando para a última cidade na terra, que desafiará a Deus, antes do Retorno de Cristo. Mas o espírito dessa Babilônia rebelde tem soprado na terra desde os tempos antigos, especialmente desde Babel. E todas as cidades pecaminosas destruídas por Deus no decorrer da História tem sido, apenas, amostras grátis de uma Babilônia maior. Ou seja, sombras de BABILÔNIA, A GRANDE!

c) Antes da 1.ª Vinda de Jesus, muitos homens santos parecidos com Ele (Moisés, Elias, João Batista, etc.) andaram na terra. Muita gente perguntou para João Batista: “ES TU O MESSIAS?” (João 1.19-21). Eles eram, por assim dizer, uma AMOSTRA GRÁTIS DE JESUS. A Bíblia chama isso de “SOMBRAS DAS COISAS FUTURAS” (Colossenses 2.16-17).

d) Antes da vinda do verdadeiro Anticristo, muitos Anticristos têm se levantado (1 João 2.18): A lista é grande: Nero, Napoleão, Stalin, Hitler, Saddam Hussein, Osama Bin Laden, etc.

e) Até o derramamento do Espírito Santo sobre os cristãos atualmente não passa de uma “AMOSTRA GRÁTIS” do futuro derramamento, quando Deus restaurar todas as coisas. Uma simples diferença nas palavras de Pedro, no dia de Pentecostes, ao citar a profecia de Joel, prova isso.

Em Joel 2.28 está escrito: “Acontecerá depois que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos anciãos terão sonhos, os vossos mancebos terão visões;”

Mas, o apóstolo Pedro, ao citar a profecia de Joel, disse o seguinte: “E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos;”

Pedro não estava afirmando que a profecia de Joel havia se cumprido naquele dia de Pentecostes, mas que aquilo FAZIA PARTE DO CUMPRIMENTO. Observem:

Joel 2.28: “... derramarei O meu Espírito sobre toda a carne...”

Pedro, citando Joel em Atos 2.17: “...derramarei DO meu Espírito sobre toda a carne...”.

Derramar O Espírito é o derramamento total; derramar DO Espírito é um derramamento PARCIAL, pois é claro que, nem no dia de Pentecostes de Atos 2, nem em nenhuma outra época da Igreja Cristã, o Espírito de Deus foi derramado sobre “TODA A CARNE”.

Mas haverá um dia em que “...a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar” (Isaias 11.9), e “... se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas cobrem o mar” (Habacuque 2.14).

f) Em Isaias 53.4 diz que Jesus “... tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores;...”. Isso é verdade? Claro que é? Mas, se Jesus já carregou com as nossas dores, por que ainda adoecemos e morremos?

Apesar dessa profecia ser provocadora de muitos debates e polêmicas, a questão pode ser bem simples: Se nosso corpo ainda está sujeito à morte é evidente que ainda vive à mercê de toda espécie de doenças. Mas, se as palavras de Isaías garantem que Jesus já levou nossas doenças, só existe uma resposta convincente: Nossa vitória está garantida, mas ainda não tomamos posse dela. Isto só acontecerá quando a morte for destruída, e nosso corpo mortal “se revestir da imortalidade” (I Coríntios 15.54).

É como se as palavras do profeta Isaías fossem pronunciadas por alguém vivendo nos tempos da Restauração de todas as coisas. Observe que o profeta usa o verbo no passado: “TOMOU sobre si as nossas enfermidades, e CARREGOU com as nossas dores;” É o que alguém contará sobre Jesus quando estivermos vivendo no Reinado Dele na terra.

O que tudo isso tem a ver com “amostra grátis”? É que atualmente muitas pessoas são curadas, através da fé no Nome de Jesus. Mas nem todo mundo é curado, e essas curas não impedem que a pessoa morra mais adiante, pois são apenas “AMOSTRAS GRÁTIS” do poder de Deus sobre as doenças.

g) Quando a Igreja Cristã age realmente como a Agência de Deus na terra, restaurando os perdidos, curando os enfermos, sarando as almas, e edificando o mundo, está dando uma AMOSTRA GRÁTIS do que será o futuro Reino de Deus na terra, quando Jesus voltar. Infelizmente, essa amostra grátis está ficando muito rara em nossos dias.

Bem, acreditamos que ficou muito claro o que queremos dizer quando falamos de “AMOSTRA GRÁTIS DA PROFECIA”. Em nossos dias estão acontecendo coisas demais relacionadas às profecias bíblicas, e muitas pessoas, apressadas, chegam a dizer que tal profecia já se cumpriu, etc. por exemplo, alguns acham que os famosos Quatro Cavaleiros do Apocalipse já estão cavalgando na terra. Parece que sim, mas como muita coisa não se encaixa ainda, o que estamos vendo atualmente são apenas AS SOMBRAS desses cavaleiros sinistros. O CONCRETO ainda virá.

Esta nova seção tem como objetivo mostrar as principais noticias de cada semana (a partir desta 4.ª semana de agosto de 2010) e relacioná-las com as profecias bíblicas, deixando bem claro que AINDA não é o cumprimento delas, mas apenas AMOSTRAS GRÁTIS.

Como não é possível classificarmos todas as noticias relacionadas ao Apocalipse (são tantas!), escolheremos apenas as mais impactantes e de nível internacional, com breves comentários a respeito e citação de versículos bíblicos relacionados ao tema. Bem, vamos inaugurar a seção.

Moacir R. S. Junior